Jorge Almeida

trompete



BIOGRAFIA:

Nascido a 29 de Agosto de 1971 no Concelho de Santa Maria da Feira, Jorge Lourenço de Sousa Almeida acompanhou, desde tenra idade, o seu pai, Jaime – fliscornista conceituado no âmbito das filarmónicas.

Começou a tocar a solo ainda antes de iniciar os seus estudos musicaisno ensino oficial, pela facilidade e à vontade em assumir o papel de solista, fosse qual fosse o público, o solo ou as condições envolventes.

Iniciou os seus estudos musicais de trompete aos onze anos de idade, na Academia de Música de São João da Madeira sob a orientação dos professores Fernando Baptista e José Macedo, membros da Orquestra Sinfónica da R.D.P. e Régie Sinfonia. No decorrer dos seus estudos musicais na referida academia, foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian.

No que concerne a concursos nacionais para solistas, obteve em 1987 o Primeiro prémio, nível médio, destacando-se ainda nesta mesma data a convite do Dtr. Miguel Henriques, director da Juventude Musical Portuguesa, a efectuar um Concerto no Atneu Comercial do Porto.

Em 1993, ingressou, a convite do Sr. Major Silvério de Campos, na Banda Sinfónica da P.S.P. desempenhando funções de solista como Primeiro Sub-Chefe. Em 1995, na Academia Nacional Superior de Orquestra, iniciou o Curso Superior de Instrumentistas de Orquestra, tendo como professores Douglas Stephenson, David Burt, Robert Chambers e Philip Navat. Participou em dois estágios com a Orquestra Académica Metropolitana, dirigidos pelo Maestro Jean Sebastean Béreau, professor do C.N.S.M. Paris. Neste mesmo ano, foi admitido ao lugar de Solista A na Orquestra de Câmara de Macau, bem como para leccionar a disciplina de Trompete no Conservatório do referido País.

Em 1996, desempenhou na temporada 96-98 funções de Solista B, na Orquestra Metropolitana de Lisboa no qual gravou o musical da “EXPO 98”. Durante esta referida temporada colaborou como freelancer com as principais orquestras nacionais, O.J., O.N.P., entre outras. Durante este período é admitido ao lugar de Solista A na Orquestra Sinfónica Portuguesa. Obteve também Masterclasses com os professores Philip Smith, Rod Franks, Allen Vizzuti, Eric Aubier e John Miller.

Como solista apresentou-se com as O.A.M.L., O.N. Dos Templários e Orquestra Sinfónica Portuguesa, tendo ainda interpretado a Sonata de Paul Hindemith, integrado na interpretação de todas as obras solísticas do compositor na Culturgest. Efectuou diversas gravações orquestrais para as editoras EMI e Marcopolo e como solista da R.D.P. Antena 2.

A sua versatilidade levou-o também a participar em várias Bandas Sonoras de anúncios publicitários. Tem sido desde 2001 convidado a dar Masterclasses, nomeadamente o VI e VII Cursos de Verão das Caldas da Rainha, o VI Curso de Verão de Santa Maria da Feira e I Curso de Verão de Arrifana (Santa Maria da Feira).

Entre 2001 e 2003 ocupou o lugar de Principal Trumpete convidado pela Orquestra Metropolitana de Lisboa bem como o de professor da disciplina de Trompete e Música de Câmara na Academia Nacional Superior de Orquestra. Leccionou ainda na Academia de Música de Paredes e Escola Profissional de Música de Espinho.

Actualmente é Principal Trumpet na Orquestra Sinfónica Portuguesa. É também o primeiro trompete no Grupo de Metais do Seixal, lugar que ocupa desde 2001, dentro deste grupo, foi membro organizador do XIII e XIV Masterclasses do Seixal, sendo intervenientes os mais prestigiados músicos de metais do Mundo.

Destaca-se por último a participação no Festival de Jazz do Valado dos Frades (Alcobaça) onde integrou o grupo Hybrid Jazz Project Tributo a Stan Getz.


Participações